Forum Mundo Verde
Bem-vindo(a) ao fórum! ஃ Forum para amantes da Natureza, pagãos, wiccans e curiosos ஃ Participa! ☺


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Plantas

Novo Tópico  Responder ao tópico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Plantas em Sex Abr 19, 2013 5:21 am

Bem, como eu tenho imenso interesse nestas coisas e acho que grande parte de voces também, lembrei-me de fazer um tópico para falar um pouco acerca de plantas!
peço desculpa pela falta de originalidade do nome do tópico lol (se alguem tiver uma sugestão melhor agradeço Razz)

e, como não podia deixar de ser, vou começar pela Foxglove Rolling Eyes
aproveiteio facto da revista "Ser Pagano" (http://issuu.com/serpagano/docs/revista_serpagano_n_5) ter feito um artigo muito bom sobre esta planta para partilhar convosco!
espero que gostem e dêm também o vosso contributo, se puderem!

Dedaleira

(Digitalis Purpurea)



A Dedaleira (Digitalis Purpurea – deve-se à forma e cor das flores) conhecida também por “dedal colorido”, “dedos de rainha” ou “luva da virgem”, é uma planta herbácea bienal ou bianual, ou seja, demora 24 meses a completar o seu ciclo biológico, crescendo no primeiro ano e florescendo e dando sementes no segundo.
É da família das escrofulariáceas, é uma planta de especto felpudo na sua totalidade, de caule cilíndrico e oco que pode ir dos 1,70 aos 2,50 metros de altura. As suas folhas lanceoladas e basais podem alcançar os 40 centímetros de longitude. As suas flores campaniformes assemelham-se a dedais de cores púrpuras intensas, dispõem-se formando uma haste de flores pendentes, atingindo até os 5 centímetros de largura, estando em grupo.
Durante o primeiro ano de crescimento, o seu aspeto é de um plantel em forma de roseta de folhas verdosas, basais, ovais e dentadas. Durante o segundo ano gera-se a floração, durante a qual um grande caule coroado por flores emerge de entre as folhas verdosas terrestres. Florescem de Junho a Setembro.
Fácil de cultivar, e também pelo seu valor medicinal, é muito apreciada como planta ornamental, precisa de espaço suficiente (pelo que é recomendável plantá-la num jardim) preferindo os climas temperados, a sombra ou semi-sombra e os solos férteis e húmidos.
Originária do norte da Europa e parte do noroeste de África e Ásia central, podendo também ser encontrada, devido à sua introdução desde o continente europeu, em países sul-americanos, como Argentina ou Chile.
Devido à sua grande adaptabilidade, hoje podemos encontra-la de forma silvestre em terrenos frios, húmidos e sombreados, como nos limites dos bosques ou prados próximos a rios ou zonas pantanosas e com maior frequência perto de carvalhos, faias e abetos e também junto a azinheiras e sobreiros no sul da península ibérica.

Propriedades Medicinais

A Dedaleira é o típico exemplo de como a mesma planta tanto pode curar como matar. As suas virtudes medicinais estão nas folhas, de odor escasso mas característico, e de profundo sabor amargo.
Administrada pela primeira vez no século XVII na Inglaterra, como tratamento numa infusão de folhas de digitalis, a um doente que padecia de hidropsia de origem cardíaca (inflamação do corpo devido ao mau funcionamento do coração) tem sido curado, o que fez com que a planta fosse incluída na farmacopeia de Edimburgo.
Desde então, até agora têm sido muitas as investigações bioquímicas e biológicas que se levaram a cabo com esta planta, cujos princípios ativos ainda hoje não conseguem ser substituídos por nenhum produto químico sintético, pelo que continua a fazer parte da composição de vários medicamentos, principalmente destinados a problemas relacionados com o coração, sendo que a sua fórmula química contem digoxina, um glicosídeo cardiotónico que, atualmente são amplamente utilizados em medicina e que salvaram muitas vidas.
Devido à concentração dos seus princípios ativos depender do lugar onde é cultivada, do tempo da colheita e conservação, a farmacologia atual faz o isolamento desses princípios ativos puros. A desvantagem de fazer a extração dos químicos de uma maneira generalizada é fazer com que se prescinda de outras substâncias próprias da planta que são igualmente importantes e que complementam a sua ação.
Tal como os glicosídeos, como a digitoflavina (um corante amarelo), o ciclohexanol, os ácidos málico e sucínico, os taninos e uma diástase oxidante, estas substâncias não têm ação direta sobre o coração mas complementam e potenciam o efeito que esta planta exerce como cardiotónico.
Portanto, são um remédio insubstituível nos casos de insuficiência cardíaca, aumentando a força das contrações do coração, melhorando o seu rendimento mecânico, normalizando o ritmo cardíaco irregular ou a taquicardia. Além disso, também possui características diuréticas, pelo que ajuda a melhorar o funcionamento do aparelho circulatório no geral. No seu uso externo, as folhas são um excelente cicatrizante de ulceras e chagas cutâneas, incluindo as varicosas, para as quais se usa em forma de compressas, preparando uma infusão de 1 ou 2 folhas por litro de água, aplicando sobre a zona afetada compressas de algodão impregnadas na dita infusão.

ATENÇÃO! É TÓXICA!!

Como foi dito no início, a Dedaleira é também tóxica e mortal se não for usada corretamente, já que uma infusão de cerca de 10 gramas pode conduzir à morte de um adulto. Pelo que deve ser administrada apenas por especialistas, pois a margem terapêutica é muito estreita e a dose tóxica é muito próxima da dose terapêutica.
As intoxicações acidentais são muito escassas devido a que a ingestão das suas folhas e flores amargas produzem irritação bucal, náuseas, vómitos e alterações da visão. Uma intoxicação grave provocaria bradicardia e finalmente a paragem cardíaca resultando em morte. Há que ter especial cuidado no seu uso ornamental, já que é muito apreciada para criar arranjos florais e centros de mesa, sobretudo se existirem crianças por perto, pois poucas flores podem causar-lhes a morte.
Primeiros Socorros
Os primeiros socorros no caso de uma ingestão acidental consistem em provocar o vómito, lavagem do estomago, eméticos, administração de carvão ativado e, antes de mais, é necessário encaminhar a pessoa de imediato ao hospital.

Seu uso na Magia Natural

Durante a idade media e até ao século XVII na Europa, era considerada como um amuleto para proteção contra maus espíritos e bruxarias e era habitual colocar uns raminho no lintel das portas e janelas das casas, sobretudo na noite do solstício de Verão, no são João.
Existem numerosas lendas que lhe atribuem diversas propriedades mágicas. No Reino Unido é conhecida como Foxglove (luva da raposa), pois a sua lenda diz que as fadas más as punham nas patas destes animais para que pudessem entrar nos galinheiros dos campestres sem fazer barulho. Na Irlanda é conhecida como dead man’s thimbles (dedal do morto), pelas suas propriedades tóxicas.
Na península ibérica a Dedaleira é associada ao mundo das fadas, provavelmente porque a curiosa forma das suas flores é conhecida como chapéu dos duendes ou das fadas, os quais se crê que habitam onde cresce a Dedaleira e que dançam no meio delas nas noites de lua cheia.
Na Galiza associa-se principalmente às Meigas e à noite de são João, onde existe a lenda “Onde crescem as Dedaleiras crê-se que é onde dançam as Meigas nas noites de lua cheia”.
A tradição popular diz que trazer um saquinho de veludo vermelho cheio de pó de Dedaleira não só protegerá dos maus espíritos que a pessoa carrega como também despertará o seu atrativo sexual e o tornará mais sedutor.

É linda!!!! (jhjhjjk)


Ver perfil do usuário

2 Re: Plantas em Sex Abr 19, 2013 11:55 am

A minha promessa!!!!!
^Desculpem.... Sei que há uns messes prometi escrever um topico de plantas mas esqueci-me completamente.... Eu postarei nestes proximos dias um livro de Scott Cunningham "Encyclopedia of Magical Herbs" em ingles.... desculpem

Ver perfil do usuário

3 Re: Plantas em Sex Abr 19, 2013 3:12 pm

ooops então adiante-me! Razz
peço desculpa "roubar-te" a ideia mas é realmente um tema que eu adoro e que acho que fazia falta aqui no fórum!
mas ainda bem que também gostas! assim tenho ajuda Very Happy
bota então livro! parece interessante! XD

Ver perfil do usuário

4 Re: Plantas em Sex Abr 19, 2013 4:47 pm

Não roubas-te a ideia, ajudaste-me a relembrar essa minha promessa... ty! (ctblk92)

Ver perfil do usuário

5 Re: Plantas em Sex Abr 19, 2013 7:35 pm

eu conehço essa planta cumo a planta dos peidos...pois nós ás vezes andamos a rebentalas...e faz um barulhinho Very Happy
uma vez um amigo ia fazer isso e tinha lá um abelhão Very Happy Very Happy (oldperv100)

Ver perfil do usuário

6 Re: Plantas em Sab Abr 20, 2013 12:10 am

sim, eu sei que há quem faça isso, quem as rebente e que faz barulho...
mas são tão lindas! porquê esborrachá-las??? Crying or Very sad
o teu amigo teve o que mereceu Razz

Ver perfil do usuário

7 Re: Plantas em Sab Abr 20, 2013 12:33 pm

lol! , eu lembro disso porque foi um momento ilariante, mas foi pra e quando eu tinha 8 anos...ele nunca mais fez isso

Ver perfil do usuário

8 Re: Plantas em Sab Abr 20, 2013 3:00 pm

Eu tenho duas plantas que apanhei junto ao castelo de pombal, quando estava a passear com o meu cao eram tao bonitas, e n resisti acabei arrancar(com raiz) uma pervinca e outra que n sei o nome a pervinca pegou, agora a outra como e de bolbo e como a minha mãe me disse as plantas de bolbo morrem primeiro e depois e que nascem, e parecida com a foxglove mas só tem uma dessas flores que parecem sinos no topo alguém sabe qual pode ser o nome da flor?
Quando ela nasçer ponho aqui fotos para ser mais façil.
Será que fiz mal em arranca-las, so quero avisar que o fiz com respeito estão a ser bem tratadas, são plantas que necessitam de muita agua e pouco sol e falo com elas pode parecer estranho mas resulta a minha visa-avo sempre me disse isso e olha que ela tem muitas flores bonitas, e nenhum histórico de doenças mentais....n se assustem lol
Também falam com as plantas, e porque a pessoas que falam com os animais(eu sou uma delas e a minha visa-avo) acham que elas ouvem?
E sim eu tenho a visa-avo mais fixe de sempre, e mais a frente que alguma vez vão encontrar, a serio se alguma vez lhe aparece-se um daqueles senhores que tentam enganar as velhinhas ficavam logo reformados lol ninguém a engana(e ainda levavam com a vassoura)…mas isso já e fora do tema

Ver perfil do usuário

9 Re: Plantas em Sab Abr 20, 2013 4:29 pm

espetaculo é como uma "avozinha" que deu no telejornal, os ladroes estavam lá e ela deulhes com a mala, fartei-me de rir

Ver perfil do usuário

10 Re: Plantas em Sab Abr 20, 2013 5:05 pm

adri, acho que fizeste bem se foi para cuidar bem delas!
eu pessoalmente gosto mais de ver as plantas no sitio natural delas, mas se for para cuidar delas ou para outro propósito em que sejam necessárias acho que sim! sempre com o maior respeito! são seres vivos também!
e acho que fazes muito bem falar com elas! e a tua bisavó não me parece ter nenhuma doença mental, pelo contrário! Smile acho que temos muito a aprender com as pessoas mais velhas e, como vês, ela tem flores muito bonitas por isso só pode ter razão!

Ver perfil do usuário

11 Re: Plantas em Sab Abr 20, 2013 5:18 pm

Quando disse aquilo da doença mental estava na brincadeira..
Sim concordo contigo.
Elas agora estau num vaso porque ainda sao muito pequenas, mas depois quero-as por ao ar livre ate porque a pervinca e uma espeçi de planta trepadeira..

Ver perfil do usuário

12 Re: Plantas em Sab Abr 20, 2013 6:52 pm

adriana, a planta que tu te referiste que nasce num bolbo, tipo aquela parte que tu dizes que tem tipo um sinhino em sima é branco?

Ver perfil do usuário

13 Re: Plantas em Sab Abr 20, 2013 6:57 pm

N era roxo...

Ver perfil do usuário

14 Re: Plantas em Sab Abr 20, 2013 7:16 pm

ok...se fosse brancas já sabia mais ou menos agora roxo, tenho de pesquisar

Ver perfil do usuário

15 Re: Plantas em Ter Abr 23, 2013 3:30 am

Ora cá vai mais uma plantinha bonita!
Se lerem com atenção vão ver que tráz benefícios, principalmente no mês de Maio Wink
mais uma vez o texto foi retirado da revista "Ser Pagano" http://issuu.com/serpagano/docs/revista_1


Salva
(Salvia Officinalis)


Esta planta pertence à família das lamiáceas (Lamiaceae), denominadas comummente por salvas (ou salvias em espanhol e português do Brasil). O seu tamanho oscila entre os 30 e os 80 centímetros de altura. As suas folhas são ovaladas e de cor verde acinzentado, as suas flores são azuladas ou violeta e dispõem-se em espigas. Pode ser encontrada em terrenos calcários, ensolarados e secos. Cresce de forma espontânea em toda a bacia mediterrânica, desde Espanha, até à Turquia e também no norte de África. As partes utilizadas para a elaboração de remédios são as folhas e as flores.
O seu nome provém da palavra latina “salvare” que significa “salvar/curar”, pois na antiguidade se cria que era capaz de salvar quase todas as enfermidades e até de permitir escapar à morte.
Também é chamada, entre outras formas, de erva sacra ou sagrada, o que nos dá uma ideia da estreita relação desta planta medicinal com a história do seu nome, tendo sido muito popular durante a idade média devido às suas propriedades antissépticas e antitérmicas que ajudaram a combater a peste.
Há uma história que narra como após uma terrível epidemia de peste, a povoação egípcia de Copto, no final da idade média, ficou dizimada quase por completo e os poucos habitantes que restaram estavam muito afetados fisicamente e queriam assegurar a sua sobrevivência e a sua fertilidade. O remédio chegou através de um médico Copto que ordenou aos seus habitantes que “colham salva e deem a beber às poucas mulheres vivas. Só assim poderemos repovoar esta cidade. Depois de tomar infusão de salva durante sete dias, juntem-se com os vossos maridos e conceberão com segurança”. E como conta o célebre médico espanhol de XVI, Andrés de Laguna, a receita teve êxito, pois as mulheres coptas repovoaram a sua cidade em poucos anos, conferindo assim à poderosa salva a sua estimada reputação como estimulante da fecundidade e da boa saúde.
Mas estas não são as únicas propriedades medicinais que esta planta possui. É especialmente importante como tonificante para as mulheres, favorecendo o equilíbrio hormonal, como as afeções ginecológicas pela sua ação emenagoga e antiespasmódica, já que regula a menstruação e acalma as suas dores, assim como os transtornos provocados pela menopausa.
Também é adequada para estimular o sistema nervoso pela sua leve ação sobre as glândulas suprarrenais, pelo que convém usá-la em estados de astenia, hipotensão ou vertigens.
É indicada nas afeções digestivas por ser antisséptica e antiespasmódica, contribuindo para acalmar as cólicas, os vómitos e diarreias. E é precisamente pelas suas propriedades antissépticas e adstringentes que é muito utilizada para afeções bucofaríngeas e cutâneas, pois desinfeta, cicatriza e desinflama, sendo muito útil no tratamento de amigdalites, pequenas feridas e até picadas de insetos.


Seu Uso na Magia Natural
A salva está muito presente na magia natural e os seus usos são variados devido às numerosas propriedades que possui.
A primeira e indiscutível é a de proporcionar e manter a saúde. Empregue com este propósito produzirá uma sensação forte e imediata de saúde e bem-estar. Entre outras virtudes, a de proporcionar visões oníricas é a mais conhecida, geralmente tomada para encontrar mensagens, respostas ou soluções através dos sonhos.
Regida pelo planeta Júpiter e pelo elemento Ar, a salva foi valorizada durante séculos como uma erva de purificação, exorcismos e proteção, como dispersar as más vibrações e os espíritos malignos e para atrair os espíritos benéficos ao espaço ritual, assim como para “limpar” os chakras e para proteção antes de iniciar rituais ou trabalhos de meditação ou transe, queimando-se a salva junto com alecrim e cedro.
A salva, tão presente nos herbanários das curandeiras/os, não só se usou em curas mas também era popular em feitiços para atrair o dinheiro, amor e sabedoria. Muitos deles ainda são vigentes hoje em dia, como trazer um pequeno saquinho de tecido purpura ou dourado cheio de salva, que noa ajudará a promover a sabedoria e a claridade mental; ter em casa uma tigela ou um chifre cheio de salva como amuleto de proteção contra o mau-olhado e a inveja; ou como diz uma extensa crença: se se tomar um pouco de salva por dia durante o mês de Maio, teremos uma longa vida.
Entre os britânicos e antigos anglo-saxões existia a crença de que dava a imortalidade e na idade média cria-se que quem tivesse salva plantada no seu jardim não seria atacado por nenhum perigo mortal.
Estes usos e crenças populares não se deveriam esquecer, pois são uma maneira de entender e entrar hoje em comunicação com o mundo da magia natural ancestral e com as suas subtis energias.



extra da Wikipédia para quem gosta de cozinhar:

Culinária

[justify]Como erva aromática, a salva tem um sabor ligeiramente apimentado. Na cozinha Ocidental é usada para dar sabor a carnes gordas (especialmente em marinada), queijos, e algumas bebidas. Nos Estados Unidos, Reino Unido e Flandres, a salva é usada com cebola, em recheios de porco ou aves e também em molhos. Na cozinha francesa, a salva é usada para cozinhar carne branca e em sopas de vegetais. Os alemães usam-na frequentemente em pratos de salsichas. É também de uso comum na cozinha italiana. Nos Balcãs e no Médio Oriente, é usada em assados de borrego.

Ver perfil do usuário

16 Re: Plantas em Qui Maio 02, 2013 4:37 pm

Aredhel

avatar
Admin
Admin
Finalmente um tópico sobre plantas! Adorei! Faz muita falta haverem tópicos assim por aqui.

E Fox glove! Isso é salva???
Sabes-me dizer se as plantas desta foto é salva?



É que esta planta é linda!! Gostava de saber qual o nome dela (gfd86)


_________________


Meow!
Ver perfil do usuário

17 Re: Plantas em Qui Maio 02, 2013 7:37 pm

não te sei dizer....

Ver perfil do usuário

18 Re: Plantas em Sex Maio 03, 2013 1:03 am

assim sinceramente não te sei dizer...
mas talvez se conseguisses uma foto mais pormenorizada, nomeadamente das folhas e das flores, podia-se comparar melhor...
assim ao longe parece, mas era mais para ter a certeza! Wink

mas é igualmente linda sim!

Ver perfil do usuário

19 Re: Plantas em Sex Maio 03, 2013 9:04 pm

Aredhel

avatar
Admin
Admin
Irei ver se tiro! (missbone57)


_________________


Meow!
Ver perfil do usuário

20 Re: Plantas em Sex Maio 03, 2013 11:40 pm

as minhas plantas favoritas são hortelã-pimenta e gengibre Smile

Ver perfil do usuário

21 Re: Plantas em Sab Maio 04, 2013 10:05 pm

Aredhel

avatar
Admin
Admin
És como eu então J_R_ , adoro gengibre e hortelã-pimenta. lol!


_________________


Meow!
Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Novo Tópico  Responder ao tópico

Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum